SPFW > verão 2011 > dia 4

Letícia Ribeiro


Reinaldo Lourenço iniciou os trabalhos do quarto dia da semana de moda paulista com um desfile inspirado na aerodinâmica dos automóveis dos anos 60. Preto e branco dominaram a passarela, pontuada por toques de cor: rosa neon e laranja, tanto em detalhes; nas golas e punhos das blusas e nas tiras das sandálias gladiadoras quanto em trabalhos de textura em vestidos tubinhos e saias de forma arredondada. A coleção veio mais casual do que de costume mas sem perder o corte impecável do estilista.

A Animale mostrou uma coleção com mix de influências rústicas e futuristas. A marca continua investindo em tecidos tecnológicos, como o algodão empapelado, organza de seda com película de alumínio e o couro com stretch. Junto a eles o bordado e daí surgem peças cheias de recortes, texturas e de comprimento curto em tons de nude, na sua maioria. A mulher da Animale é moderna e feminina na medida e nesse sentido, a marca não desapontou.

Adriana Degreas não faz moda praia para quem gosta de ficar se bronzeando ao sol. O nicho dela é outro, mais maduro mas não menos sexy. A estilista trouxe de volta às passarelas brasileiras a incrível Shirley Mallmann [uma das primeiras tops brasileiras a fazer sucesso lá fora, abrindo as portas para muitas outras] e a tcheca Eva Herzigova para apresentar seu beachwear couture, cheio de peças com pegada lingerie retrô e outras tantas inspiradas nas private pool parties das divas de Hollywood dos anos 40. Além da lycra, a estilista utilizou tecidos nobres e inesperados de ser ver em uma coleção de moda praia, como organza, jérsey, seda e tule. Em outras palavras, é puro glamour!

Reinaldo Lourenço, Animale, Adriana Degreas
* Este post foi originalmente publicado aqui
Anúncios

SPFW – Inverno de cores

Se antes, quando a gente pensava no inverno, o que vinha à nossa cabeça eram cores escuras: preto, cinza, bordeaux, marrom…a edição de inverno da São Paulo Fashion Week mostrou que, em 2010, o inverno será também das cores…vibrantes! Não você não leu errado! Quer ver, só? Vários estilistas apostaram em laranjas, amarelos, rosas, vermelhos, além das tradicionais cores “invernais”.

Tudo a ver com o nosso inverno tropical, né!

Reinaldo Lourenço para C&A

Letícia Ribeiro
A coleção de Reinaldo Loureço para a C&A tem muitas peças clássicas, todas bem femininas. Pink e vermelho dão vida aos cinzas e pretos das peças de alfaiataria; laços e plissados enfeitam vestidos e camisas [várias de mangas 3/4!] e as camisetas finas, tipo segunda pele são ótimas pra combinar com os blazers mais curtos! A pegadinha rock vem da estamapa de cobra e da legging de malha cirré [aquela com aparência de lycra], bem anos 80.

O estilista fez questão de dar às peças o mesmo cuidado com modelagem e corte que tem com sua grife. Como resultado, roupas bem acabadas, fáceis de usar, com informação de moda e bons preços. A mais cara [um casaco] custa R$169,00 e as mais baratas [legging e blusas], R$39,90

O único ponto negativo [do ponto de vista carioca] é que aqui no RJ a coleção só está disponivel em 2 lojas, em Niterói e na Barra. Desanimou muita gente, já que a expectativa em torno do lançamento era grande.

Resumindo, foi uma grande sacada da C&A! Fora do Brasil, as parcerias de estilistas renomados com as redes de fast fashion sempre faz sucesso, vide H&M com Viktor&Rolf e Matthew Williamson e a Topshop com Kate Moss. E que por aqui aconteça o mesmo!

 
* Este post foi publicado originalmente aqui

Reinaldo Lourenço para a C&A

A coleção do estilista Reinaldo Lourenço para a C&A foi lançada esta semana! Tem peças lindas e com preço ótimo, tipo esse peep toe preto com salto rosa! Vai lá no À Moda da Casa pra ficar por dentro de tudo!