Oscar: escala de cores no red carpet

Meus looks preferidos na noite do Oscar coincidentemente fizeram uma sutil escala degradê, dos metálicos aos tons de lavanda, passando pelos nude. Acho interessante notar que as cores mais claras e tons pastel vem aparecendo muito nos red carpets nos últimos anos junto com os modelos românticos, com direito a tule, brilho e alguma renda
Apesar desse look misto noiva/princesa já estar virando figurinha carimbada nas premiações, confesso que gosto bastante.
Muita gente criticou mas eu amei o vestido da Gwyneth Paltrow! Minimalista com um toque de futurismo, ele é o primeiro dos meu top 3 da noite do Oscar. Só alguém com o corpo perfeito como o dela pra segurar o efeito do tecido metalizado marcando todas as curvas!
Florence Welch e seu longo com pegada vintage me fez lembrar o vestido do casamento da minha mãe! Entra pro meu top 3, mesmo achando que o modelo tenha ficado um pouco apagadinho perto de outros mais glamurosos em noite de Oscar.
Pra fechar, Cate Blanchett foi unanimidade na categoria das mais bem vestidas! Ousada mas sem preder o tom, escolheu um longo nem um pouco tradicional e com uma combinação de cores idem. Um tom de lavanda apagado e detalhes em amarelo com um bordado primoroso, de pedras e pérolas.
Anúncios

Fashion Rio: Desfile Lucas Nascimento

Apostas: casacos casulo | peças com recortes geométricos | transparência | clima futurista | bermuda ciclista | tons pastéis, mostarda, preto, cinza e azul na cartela de cores.

Looks Favoritos

Maquiagem

Fotos: ffw

Onde Encontrar: www.lucasnascimento.com


SPFW > verão 2011 > dia 4

Letícia Ribeiro


Reinaldo Lourenço iniciou os trabalhos do quarto dia da semana de moda paulista com um desfile inspirado na aerodinâmica dos automóveis dos anos 60. Preto e branco dominaram a passarela, pontuada por toques de cor: rosa neon e laranja, tanto em detalhes; nas golas e punhos das blusas e nas tiras das sandálias gladiadoras quanto em trabalhos de textura em vestidos tubinhos e saias de forma arredondada. A coleção veio mais casual do que de costume mas sem perder o corte impecável do estilista.

A Animale mostrou uma coleção com mix de influências rústicas e futuristas. A marca continua investindo em tecidos tecnológicos, como o algodão empapelado, organza de seda com película de alumínio e o couro com stretch. Junto a eles o bordado e daí surgem peças cheias de recortes, texturas e de comprimento curto em tons de nude, na sua maioria. A mulher da Animale é moderna e feminina na medida e nesse sentido, a marca não desapontou.

Adriana Degreas não faz moda praia para quem gosta de ficar se bronzeando ao sol. O nicho dela é outro, mais maduro mas não menos sexy. A estilista trouxe de volta às passarelas brasileiras a incrível Shirley Mallmann [uma das primeiras tops brasileiras a fazer sucesso lá fora, abrindo as portas para muitas outras] e a tcheca Eva Herzigova para apresentar seu beachwear couture, cheio de peças com pegada lingerie retrô e outras tantas inspiradas nas private pool parties das divas de Hollywood dos anos 40. Além da lycra, a estilista utilizou tecidos nobres e inesperados de ser ver em uma coleção de moda praia, como organza, jérsey, seda e tule. Em outras palavras, é puro glamour!

Reinaldo Lourenço, Animale, Adriana Degreas
* Este post foi originalmente publicado aqui