Tendências > Inverno 2010 > Texturas

Letícia Ribeiro
Parece mesmo que neste ano as tendências desfiladas nas passarelas das semanas de moda brasileiras não vieram nada discretas. Depois de um verão aceso pelas cores fluo, veio o inverno com suas cores tradicionalmente mais sóbrias mas em compensação, o toque extravagante ficou na superfície das roupas.

A palavra de ordem da estação é textura! Plumas, pelos, franjas, telas, correntes e todo o tipo de material que crie relevo na silhueta está super em alta.  Já que a tendência pode não agradar muito as mais discretas, uma dica é investir em acessórios. Uma bolsa de plumas, uma meia-calça com tela pode ser uma boa maneira de usar as  texturas a seu favor. Vale observar que os tecidos com trama texturizada e mistura de diferentes fios também valem e não são tão dramáticos quanto um casaquinho de pelos [fake!], por exemplo, e por ser um tipo de textura mais suave, imprime elegância ao visual.

O mais importante na hora de usar as tendências propostas pelas marcas, como sempre, é o auto-conhecimento; saber o que fica bom em você e daí então adaptá-las ao seu estilo  e usar o que te faz sentir confortável.

* Esse post foi originalmente publicado aqui
Anúncios

SPFW > verão 2011 > dia 4

Letícia Ribeiro


Reinaldo Lourenço iniciou os trabalhos do quarto dia da semana de moda paulista com um desfile inspirado na aerodinâmica dos automóveis dos anos 60. Preto e branco dominaram a passarela, pontuada por toques de cor: rosa neon e laranja, tanto em detalhes; nas golas e punhos das blusas e nas tiras das sandálias gladiadoras quanto em trabalhos de textura em vestidos tubinhos e saias de forma arredondada. A coleção veio mais casual do que de costume mas sem perder o corte impecável do estilista.

A Animale mostrou uma coleção com mix de influências rústicas e futuristas. A marca continua investindo em tecidos tecnológicos, como o algodão empapelado, organza de seda com película de alumínio e o couro com stretch. Junto a eles o bordado e daí surgem peças cheias de recortes, texturas e de comprimento curto em tons de nude, na sua maioria. A mulher da Animale é moderna e feminina na medida e nesse sentido, a marca não desapontou.

Adriana Degreas não faz moda praia para quem gosta de ficar se bronzeando ao sol. O nicho dela é outro, mais maduro mas não menos sexy. A estilista trouxe de volta às passarelas brasileiras a incrível Shirley Mallmann [uma das primeiras tops brasileiras a fazer sucesso lá fora, abrindo as portas para muitas outras] e a tcheca Eva Herzigova para apresentar seu beachwear couture, cheio de peças com pegada lingerie retrô e outras tantas inspiradas nas private pool parties das divas de Hollywood dos anos 40. Além da lycra, a estilista utilizou tecidos nobres e inesperados de ser ver em uma coleção de moda praia, como organza, jérsey, seda e tule. Em outras palavras, é puro glamour!

Reinaldo Lourenço, Animale, Adriana Degreas
* Este post foi originalmente publicado aqui

SPFW – Inverno de cores

Se antes, quando a gente pensava no inverno, o que vinha à nossa cabeça eram cores escuras: preto, cinza, bordeaux, marrom…a edição de inverno da São Paulo Fashion Week mostrou que, em 2010, o inverno será também das cores…vibrantes! Não você não leu errado! Quer ver, só? Vários estilistas apostaram em laranjas, amarelos, rosas, vermelhos, além das tradicionais cores “invernais”.

Tudo a ver com o nosso inverno tropical, né!